quarta-feira, outubro 27, 2010

Crianças, afetos e bichos

Hoje, no primeiro intervalo da escrita, fui visitar a minha neta do coração, a mãe dela e a nova habitante da casa.
Não é peixe, nem cão, nem gato.
É uma coelha - a coelha Pipoca.
Vive numa gaiola grande na sala, sem sustos diante dos humanos. Por vezes fica solta na varanda.
Volto para a casa contente do breve dedo de prosa trocado com a vizinha, enquanto ela pintava uma caixa de retratos, prenda para a sogra.
Ao retomar a escrita, ouço a conhecida corrida do outro neto do coração pelo corredor.
Ele veio me visitar antes de ir para a creche. Sentiu saudades.
Levou o carrinho do meu filho e deixou um livro de histórias.
Logo mais vamos destrocar.
Oh coisa boa!

1 comentário:

Bordado Inglês disse...

Uma coelha? Adoro coelhos!